MINHA CRENÇA

Creio que a Bíblia é a palavra inspirada de Deus e a autoridade máxima, revelando que Jesus Cristo é o Filho de Deus. Creio que o Homem é criado à imagem de Deus, para uma vida eterna através de Cristo. Embora todos os homens tenham pecado e careçam da glória de Deus, estando totalmente perdidos sem Cristo, Deus faz a salvação possível através da morte e ressurreição de Jesus Cristo. Creio que arrependimento, fé, amor e obediência são respostas necessárias e adequadas à graça de Deus estendida a nós, e que Deus deseja que todos os homens sejam salvos e venham a ter conhecimento da Verdade. Creio que o poder do Espírito Santo é demonstrado em nós e através de nós para o cumprimento do último mandamento de Cristo: “Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura” (Marcos 16.15).

Curso de Teologia

A Arca e a Nova Aliança



Arqueólogos alemães afirmam ter encontrado ruínas do local onde a Arca da Aliança pode ter sido levada há 3 mil anos. Estas ruínas seriam do palácio da rainha de Sabá, onde hoje se encontraria a Etiópia. Veja aqui a matéria da BBC Brasil.

A rainha de Sabá é citada no capítulo 10 do primeiro livro dos Reis e no capítulo 10 de II Crônicas em passagens paralelas. O relato bíblico diz que a rainha viajou até o reino de Israel para conhecer a Salomão e comprovar tudo o que ela ouvira sobre o rei hebreu e o Deus de seu povo. Após esgotar todas as suas perguntas, a rainha voltou para sua terra maravilhada com a Sabedoria de Salomão e com a grandeza do SENHOR.

Voltando à Arca, alguns relatos, em especial os contidos no livro apócrifo de Macabeus, sugerem que após a conquista de Israel por parte de Nabucodonosor, Menelik I, suposto filho da rainha com Salomão, teria levado a arca para a terra de sua mãe.
Segundo os arqueólogos, foi encontrado um altar que poderia ter sido feito para a Arca.

Os fato é que muitas lendas e "quase descobertas" foram feitas ao longo de todos estes séculos. Há até um curioso vídeo que mostra uma escavação onde a Arca teria sido encontrada e é até hoje escondida, sabe-se lá o porquê! Mas, é claro, fala-se, fala-se e não vemos nada.

Se a Arca vier um dia a ser encontrada (se é que ela ainda existe) será uma grande descoberta arqueológica. E nada além disso. Não esperem que raios ou algum poder sobrenatural irá emanar dela. Afinal, este objeto não tinha poder por si só, como se fosse um amuleto ou mesmo uma arma, ao contrário do que se viu no primeiro filme do Indiana Jones.

A Arca da Aliança (que continha as Tábuas da Lei, a vara de Arão e um pote com o maná) era um baú de madeira totalmente coberto com ouro e com simbologias que representavam o pacto que Deus fizera com os hebreus. Estar próximo à Arca da Aliança equivalia a estar na presença do próprio Deus. Nos tempos do Antigo Testamento homens chegavam a morrer apenas por tocar nela.

Para saber mais sobre a Arca da Aliança, clique aqui.

Entretanto, conforme se pode ver em Hebreus 8, esta Arca era uma sombra das coisas celestiais e de algo que estaria por vir. E foi a vinda de Cristo que marcou o início de uma Nova Aliança e, desta vez, não apenas com os judeus, mas com todos aqueles que, de coração, se entregarem a Jesus como o centro suas vidas.

E nesta nova aliança não é mais necessário que um objeto represente a presença de Deus, pois Ele mesmo habita em cada um daqueles que n'Ele crêem. Além disso, a forma de tornar visível este pacto também está em cada filho de Deus, através de suas condutas, obras e frutos espirituais.

Que Deus permita que cada vez mais nos tornemos um bom testemunho desta nova, perfeita e eterna aliança!

Nenhum comentário:

Postar um comentário