MINHA CRENÇA

Creio que a Bíblia é a palavra inspirada de Deus e a autoridade máxima, revelando que Jesus Cristo é o Filho de Deus. Creio que o Homem é criado à imagem de Deus, para uma vida eterna através de Cristo. Embora todos os homens tenham pecado e careçam da glória de Deus, estando totalmente perdidos sem Cristo, Deus faz a salvação possível através da morte e ressurreição de Jesus Cristo. Creio que arrependimento, fé, amor e obediência são respostas necessárias e adequadas à graça de Deus estendida a nós, e que Deus deseja que todos os homens sejam salvos e venham a ter conhecimento da Verdade. Creio que o poder do Espírito Santo é demonstrado em nós e através de nós para o cumprimento do último mandamento de Cristo: “Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura” (Marcos 16.15).

Curso de Teologia

Gênesis Capitulo 1, Versículo 1



Gênesis capitulo 1, versículo 1. "No principio criou Deus os céus e a terra."


Um dos versículos mais discutidos pela ciência, como foi o inicio da criação? Essa é uma das perguntas que ainda gera muitas pesquisas, debates e teorias que possam explicar tal fenômeno. É um tema que desperta grande curiosidade dos humanos desde os tempos mais remotos e gera grandes polêmicas, envolvendo conceitos religiosos, filosóficos e científicos.

Até o momento, a explicação mais aceita sobre a origem do universo entre a comunidade cientifica é baseada na teoria da Grande Explosão, em inglês, Big Bang. Ela apoia-se, em parte, na teoria da relatividade do físico Albert Einstein (1879-1955) e nos estudos dos astrônomos Edwin Hubble (1889-1953) e Milton Humason (1891-1972), os quais demonstraram que o universo não é estático e se encontra em constante expansão, ou seja, as galáxias estão se afastando umas das outras. Portanto, no passado elas deveriam estar mais próximas que hoje, e, até mesmo, formando um único ponto.

A teoria do Big Bang foi anunciada em 1948 pelo cientista russo naturalizado estadunidense, George Gamow (1904-1968) e o padre e astrônomo belga Georges Lemaître (1894-1966). Segundo eles, o universo teria surgido após uma grande explosão cósmica, entre 10 e 20 bilhões de anos atrás. O termo explosão refere-se a uma grande liberação de energia, criando o espaço-tempo.

Até então, havia uma mistura de partículas sub-atômicas (qharks, elétrons, neutrinos e suas partículas) que se moviam em todos os sentidos com velocidades próximas à da luz. As primeiras partículas pesadas, prótons e nêutrons, associaram-se para formarem os núcleos de átomos leves, como hidrogênio, hélio e lítio, que estão entre os principais elementos químicos do universo.

Ao expandir-se, o universo também se resfriou, passando da cor violeta à amarela, depois laranja e vermelha. Cerca de 1 milhão de anos após o instante inicial, a matéria e a radiação luminosa se separaram e o Universo tornou-se transparente: com a união dos elétrons aos núcleos atômicos, a luz pode caminhar livremente. Cerca de 1 bilhão de anos depois do Big Bang, os elementos químicos começaram a se unir dando origem às galáxias.
Essa é a explicação sistemática da origem do universo, conforme a teoria do Big Bang. Aceita pela maioria dos cientistas, entretanto, muito contestada por alguns pesquisadores. Entretanto, em todo os estudo sempre excluem a existência de Deus como criador, definem as partículas sub-atômicas como partículas que sempre existiram.

Quero aqui tentar explicar a minha visão de Criação do Mundo.


TEORIA RELIGIOSA, FILOSÓFICA E CIENTIFICA DE THIAGO DE A. BARBOSA

Voltemos ao nosso tema: Gênesis capitulo 1, versículo 1 " No principio criou Deus o céu e a terra"

Analisando este versículo vemos que não existe indicador de tempo na bíblia para a criação tanto do universo como da terra, acredito que no principio do qual o texto se refere nem se quer se enquadra no que tempo que vivemos que é o tempo cronos (natureza quantitativa) porque o tempo cronos só começará a existir no versículo 3 do capitulo 1 do livro de Gênesis, o principio esta dentro do tempo kairós (experiência de momento oportuno ou teologicamente, o tempo de Deus).

Somente esta primeira analise ja vemos que de fato a terra pode ter sido criada a bilhões de anos atras, eu disse pode não disse que foi, como também pode ter sido criada muito antes disso, acredito que a nossa tecnologia atual não é suficiente para explorar o universo e quantificar o tempo da terra ou do universo.

Vemos também que "no principio criou Deus os céus e a terra", e como vimos que nessa passagem não existe indicativo de tempo quantitativo (cronos) logo Deus pode ter criado tanto os céus e a terra literalmente e instantaneamente como também pode ter criado as partículas sub-atômicas (qharks, elétrons, neutrinos e suas partículas) e ordenado os eventos seguintes.

A verdade é que não a relatos na bíblia de como foi criada a terra e o universo,  Gênesis 1:1 foi feito para mostrar o poder e soberania de Deus e também mostrar quem foi o autor da criação, não acredito que fosse do interesse de Deus colocar na bíblia como foi criado o universo, a terra e tudo mais, pois o foco central se perderia e seria impossível de ser compreendida pelas pessoas e culturas ao seu longo período de existência, cerca de 3500 anos ( cerca de 1445 - 1405 a.C. aos dias atuais).

De tudo uma coisa posso dizer que no principio criou Deus os céus e a terra, logo Deus é a origem de tudo quanto existe, nada existe por si só, mas devem a Deus a sua existência e a sua propagação.

Um comentário: