MINHA CRENÇA

Creio que a Bíblia é a palavra inspirada de Deus e a autoridade máxima, revelando que Jesus Cristo é o Filho de Deus. Creio que o Homem é criado à imagem de Deus, para uma vida eterna através de Cristo. Embora todos os homens tenham pecado e careçam da glória de Deus, estando totalmente perdidos sem Cristo, Deus faz a salvação possível através da morte e ressurreição de Jesus Cristo. Creio que arrependimento, fé, amor e obediência são respostas necessárias e adequadas à graça de Deus estendida a nós, e que Deus deseja que todos os homens sejam salvos e venham a ter conhecimento da Verdade. Creio que o poder do Espírito Santo é demonstrado em nós e através de nós para o cumprimento do último mandamento de Cristo: “Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura” (Marcos 16.15).

Curso de Teologia

PREGAR SOBRE JESUS OU O SÁBADO




Numa escola de 2º grau, um jovem adventista queria falar sobre sua religião para um colega de outra denominação. Como não tinha muito embasamento ainda sobre a doutrina adventista, o jovem convidou então um irmão mais antigo na fé para pregar ao colega.
Marcaram então o horário de intervalo para fazerem um pequeno estudo sobre religião. O irmão adventista foi apresentado ao colega de outra igreja, e então começou a provar por A mais B que os cristãos devem guardar o sábado. Leu passagens bíblicas do Gênesis ao Apocalipse para comprovar que os adventistas estão certos.
O jovem de outra religião ouviu a tudo calado e com muita atenção. E quando o pregador foi embora, o jovem adventista perguntou: “E aí o que você achou desta aula sobre religião?”
Muito sereno, o evangélico respondeu: “Eu achei que seu irmão na fé tem muito domínio sobre o assunto do Sábado, mas eu esperava que ele me falasse sobre Jesus e seu amor e não sobre o Sábado, que é apenas mais um dos mandamentos”.
Muitos de nós incorremos num erro que pode impedir a conversão de almas. Nos preocupamos em falar sobre o Sábado mais do que exaltar Jesus, aquele que é o Senhor do Sábado.



Nenhum comentário:

Postar um comentário