MINHA CRENÇA

Creio que a Bíblia é a palavra inspirada de Deus e a autoridade máxima, revelando que Jesus Cristo é o Filho de Deus. Creio que o Homem é criado à imagem de Deus, para uma vida eterna através de Cristo. Embora todos os homens tenham pecado e careçam da glória de Deus, estando totalmente perdidos sem Cristo, Deus faz a salvação possível através da morte e ressurreição de Jesus Cristo. Creio que arrependimento, fé, amor e obediência são respostas necessárias e adequadas à graça de Deus estendida a nós, e que Deus deseja que todos os homens sejam salvos e venham a ter conhecimento da Verdade. Creio que o poder do Espírito Santo é demonstrado em nós e através de nós para o cumprimento do último mandamento de Cristo: “Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura” (Marcos 16.15).

Curso de Teologia

México – Pastor é sequestrado



Violências relacionadas com o cartel e drogas no México repercutiram na comunidade evangélica em abril, quando um pastor foi raptado durante um culto.
O rapto aconteceu em um domingo. Quatro homens mascarados invadiram o Centro Cristão El Shadai na cidade de Lazaro Cárdenas, na manhã de 10 de abril e abriram fogo com armas automáticas. Em seguida, sequestraram o pastor Josué Santiago Ramírez, diante de 500 fieis desamparados. A suspeita é que os sequestradores sejam traficantes de drogas que atuam na área de Michoacán.
No dia seguinte, os raptores exigiram um resgate de 20 milhões de pesos, cerca de 2 milhões de reais. A família não tem possibilidade alguma de pagar essa alta quantia e, mesmo que tivessem, não poderiam contar com a segurança do pastor.
Arturo Farela, diretor da Fraternidade Nacional das Igrejas Evangélicas, disse ao Compass Direct News que o crime organizado e os cartéis de drogas têm como alvo os cristãos porque eles vêem igrejas como centros de receita. Há também uma perseguição às igrejas por oferecerem centros de reabilitação de toxicodependentes e alcoólicos.
Farela disse que mais de 100 pastores foram sequestrados e 15 assassinados nos últimos anos. “Além disso, cerca de 100 pastores mexicanos ou estrangeiros que viviam em Ciudad Juarez tiveram que abandonar a cidade por causa das ameaças e exigências de dinheiro”, afirma Farela.
Vamos orar pelo México, especialmente para o Chiapas, para que Deus envie um avivamento.

Fonte: A voz dos mártires

Nenhum comentário:

Postar um comentário