MINHA CRENÇA

Creio que a Bíblia é a palavra inspirada de Deus e a autoridade máxima, revelando que Jesus Cristo é o Filho de Deus. Creio que o Homem é criado à imagem de Deus, para uma vida eterna através de Cristo. Embora todos os homens tenham pecado e careçam da glória de Deus, estando totalmente perdidos sem Cristo, Deus faz a salvação possível através da morte e ressurreição de Jesus Cristo. Creio que arrependimento, fé, amor e obediência são respostas necessárias e adequadas à graça de Deus estendida a nós, e que Deus deseja que todos os homens sejam salvos e venham a ter conhecimento da Verdade. Creio que o poder do Espírito Santo é demonstrado em nós e através de nós para o cumprimento do último mandamento de Cristo: “Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura” (Marcos 16.15).

Curso de Teologia

CHEGA DE JESUS


Não faz bem para a fé entrar em uma livraria e ver o livro “Deus - um delírio” de Richard Dawkins (pro-ateísta), entre os mais vendidos. Não faz bem para a fé ver um garoto de 18 anos trabalhando para o tráfico de drogas, principalmente pelo fato dele ter sido meu amigo que discipulava.

Não faz bem para a fé ler um relatório da ONU dizendo que a cada cinco segundos uma pessoa morre de fome no mundo, enquanto reclamo da pouca quantidade de catchup no meu bigmac. Não me faz bem porque questionar a fé é como discutir relação, bate uma vontade danada de deixar tudo como está e continuar empurrando com a barriga, porém, ocorre que estas experiências, citadas acima, fazem de minha fé pessoal um simples passatempo de domingo.

Foi neste clima que uma frase subversiva me veio à tona como um slogan de campanha, em letras garrafais: CHEGA DE JESUS! Isso mesmo, chega de pronuciar este nome como um mantra sagrado capaz de transformar o mundo simplesmente pelo fato de ser verbalizado.

Neste ano pretendo comemorar o nascimento e vinda do Grande Mensageiro, do Grande Portador da mensagem, do texto, da idéia que pode tranformar a mente e renovar a vida daqueles que com ela tiverem contato. Uma fé na palavra e de palavra, experimentada linha-a-linha, na leitura e interpretação do texto.

Vislumbro a transformação se todos os milhões de cristãos espalhados pelo planeta, deixassem de mantralizar o nome de Cristo e se debruçassem em cima de seus ensinamentos de humildade, amor, mansidão, domínio-próprio, compreensão, carinho, honestidade, sinceridade, paz e tudo mais contido nas linhas das milhares de Bíblias empoeiradas, traduzidas em centenas de idiomas, pelas prateleiras e gavetas de famílias cristãs em todo mundo.

Faz bem para a fé crer e comemorar o aniversário do VERBO, pois o VERBO, o TEXTO, a MENSAGEM se fez carne e habitou entre nós, repleto de vírgulas, adjetivos e VERDADE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário