MINHA CRENÇA

Creio que a Bíblia é a palavra inspirada de Deus e a autoridade máxima, revelando que Jesus Cristo é o Filho de Deus. Creio que o Homem é criado à imagem de Deus, para uma vida eterna através de Cristo. Embora todos os homens tenham pecado e careçam da glória de Deus, estando totalmente perdidos sem Cristo, Deus faz a salvação possível através da morte e ressurreição de Jesus Cristo. Creio que arrependimento, fé, amor e obediência são respostas necessárias e adequadas à graça de Deus estendida a nós, e que Deus deseja que todos os homens sejam salvos e venham a ter conhecimento da Verdade. Creio que o poder do Espírito Santo é demonstrado em nós e através de nós para o cumprimento do último mandamento de Cristo: “Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura” (Marcos 16.15).

Curso de Teologia

Sua Voz



Anos e anos de relacionamento e Sua voz ainda é um mistério para mim.
Existem muitas ilusões à minha frente: circunstâncias, textos, palavras, pessoas... de onde vem a Sua voz? Não deve ela falar no meu íntimo? Não deve ela ser inconfundível.
Não entendo porque meus olhos ainda estão engaçados e não consigo ver com clareza. Mas a voz... Essa voz... É tão familiar, no entanto, ela grita coisas contrárias àquilo que vejo e sinto...
Quando isto acontece, então compreendo como andei pouco esses anos todos e como minha fé tem passado fome. Tenho, dia após dia dado atenções à prioridades erradas. Meu comportamento corresponde muito mais ao que é material, ao que destrói, ao que é passageiro.
Minhas angústias tem sido alimentadas dia após dia pelas minhas forças vãs, pela minha inteligência néscia, pelo trabalhar das minhas frágeis mãos. Por isto dói tanto as palavras que não são Suas, que não vem de Sua boca, que não traduzem os Seus pensamentos.
Preciso aprender de novo a reconhecer a Sua voz, pois continuo confusa e perdida, como quem não sabe para onde ir. Mesmo assim, tenho por inspiração Abraão, que não sabia para onde ia, mesmo assim, não deixou de caminhar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário